was successfully added to your cart.

Internacionalização

Como inovar através da internacionalização?

Por 18 de novembro de 2015 Sem comentários

A relação entre inovação e internacionalização é profunda e tem base inclusive orgânica. Nosso cérebro se “acostuma” com a rotina diária tornando muito difícil surgir novas ideias e soluções quando estamos envolvidos em um cotidiano repetitivo. Para inovar é preciso “hackear” nossa mente através de novos estímulos sensoriais, tais como: outras rotinas, línguas diferentes, novas culturas e gastronomia.

Muita gente acredita que não consegue internacionalizar, principalmente porque imagina ser necessária uma operação gigante para conseguir atuar em diferentes países, fantasiando custos exorbitantes. Outros defendem que ainda não é a hora de pensar no mercado lá fora, que nosso país é muito grande, enfim, inúmeras desculpas que só atrasam a oportunidade de começar um projeto no exterior.

Um ponto importante é que um projeto de internacionalização começa com o empreendedor ou a empreendedora e não com a empresa. São eles que precisam de uma experiência internacional, de interagir com diferentes ecossistemas de inovação, culturas, línguas e crenças, além de ter a experiência única de realizar reuniões com possíveis clientes, parceiros e investidores, aprendendo, assim, lições práticas que servirão para o amadurecimento deles próprios.

Trabalhando nessa área de internacionalização é curioso perceber que, quando vou conversar com empresários de alto potencial, quase invariavelmente estes impõem diversos obstáculos para participar de uma missão ou evento fora do Brasil. São inúmeros pontos, como: “minha empresa não pode ficar uma semana sem mim”, “essa missão vai realmente trazer algum benefício concreto?”, “ainda não estou preparado para sair do Brasil” e uma das desculpas mais interessantes que já escutei: “se eu começar uma operação fora do país minha família vai pensar que sou milionário e não vai me deixar em paz”.

Ao mesmo tempo, quando finalmente conseguimos levar esse empresário ou empresária para fora, ao voltar para o Brasil, é emocionante perceber como ele ou ela mudou. Alargou suas ideias, entrou em contato com novas tecnologias, enfim, percebeu que desenvolver empresas fora do Brasil pode não ser algo tão complicado assim.

Existem inúmeras vantagens de iniciar um projeto de internacionalização, das quais destaco:

  1. Ter acesso às novidades e às tendências mundiais;
  2. Ter contato com novas fontes de investimento;
  3. Descobrir novas oportunidades de negócios;
  4. Desenvolver mais força frente à concorrência;
  5. Montar uma rede de contatos em diferentes países;
  6. Acelerar o crescimento pessoal;
  7. Abrir-se ao novo com mais facilidade;

Não espere a hora certa de começar, porque pode ser que essa hora não chegue nunca. Inicie hoje mesmo seu projeto pessoal, trace metas simples, busque apoio junto a entidades vinculadas a sua empresa, pode ser o Sebrae da sua região, associações comerciais, CDLs, parques tecnológicos ou os mais variados programas de aceleração.

Aproveito para indicar o site f6s.com , que reúne inúmeras oportunidades de programas de aceleração no mundo inteiro. Fiquem também ligados em nossos posts sobre análises de diversos programas, destacando as vantagens e desvantagens de cada oportunidade.

Dúvidas, sugestões? Deixe um comentário! Será um prazer ajudá-los a esclarecer algum ponto e conhecer também suas opiniões sobre o assunto.

_

Que tal começar hoje mesmo a atrair clientes internacionais? Clique aqui e faça um diagnóstico 100% gratuito para a sua empresa.

Escreva um comentário