13

O “erro” de ser Lean Startup no Brasil

methodology_diagramUm dos erros mais comuns que vejo quando converso com futuros empreendedores de startups é o de achar que, para fazer valer a sua ideia, precisam criar um market place, um app para Iphone/Android, um website, portal, etc. Já vêm com a solução prontinha, antes mesmo de validar o problema ou sequer testar o mercado.

Parte desse comportamento me parece ser culpa de traduções malfeitas, falta de estudo ou interpretação equivocada das ideias básicas do movimento Lean Startup.

O Lean Startup nada mais é que a aplicação dos conceitos “lean” de produção, provenientes das grandes linhas de montagem, em empresas com alto potencial de replicabilidade e escalabilidade.

A ideia chave é maximizar os recursos minimizando o desperdício, focando na experiência do usuário e no aprendizado contínuo da qualidade em todas as fases do processo.

Pensar na solução antes de validar o problema vai de encontro à ideia chave de minimizar ou acabar com o desperdício, pois o custo de readaptar o produto depois de lançado é muito alto, sem contar o tempo desprendido, a motivação abalada, etc.

Lean Startups são empresas ágeis, que testam suas hipóteses rapidamente, validam, aprendem e incrementam ao longo do caminho.

Se seu objetivo é lançar um serviço de assinaturas para entrega de sorvetes, com um site bacana e inovador, que tal começar testando seu produto no domingo de sol numa praia movimentada? Isso sim é pensar lean e economizar recursos, sem falar que, em contato direto com seu cliente, o aprendizado é garantido.

Seu projeto ainda é uma ideia simplesmente porque você está esperando um investidor aportar milhões para começar a contratar programadores, design, etc? Então você realmente não entendeu o conceito Lean Startup.

Pense lean, economize recursos e vá para rua vender seu peixe, porque só assim você estará atuando como um verdadeiro empreendedor.

Leo Uchoa
No Comments

Leave a Comment: